Auto de data

Publicado em 08/07/2012
Por Revista Quatro Rodas

Pesquisadores da USP criam automóvel que anda sozinho

Você já imaginou entrar no seu carro, escolher um destino e não ter que se preocupar com a direção? Em vez disso, pode abrir um livro ou tirar uma soneca, enquanto o veículo vai sozinho até onde você quiser. Um jeito de fazer isso é contratar um motorista. Outro é utilizar um carro autônomo, como o que está sendo desenvolvido na USP.

Assim como o sistema produzido pelo Google, em testes no estado de Nevada, nos Estados Unidos, a inovação brasileira é criada pelos pesquisadores da USP de São Carlos desde abril de 2010.

A primeira etapa do projeto equipou com o sistema de monitoramento um carrinho de golfe, que já trafega sozinho baseado em uma rota pré-estabelecida. No segundo passo, a tecnologia migrou para um automóvel a combustão. O protótipo custou 180000 reais e foi financiado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

As Câmeras do carro ajudam a identificar o trajeto. O computador “lê” as ruas e indica o terreno. “Ele imita o olho humano, percebendo a distância entre os obstáculos”, disse Denis Wolf, responsável pelo projeto. Ainda em testes, o veículo não anda totalmente sozinho e a intenção é fazer o computador dirigir como um motorista cuidados.