Grupo SEMEAR

Membros

0
Alunos de graduação

Galeria

Conheça Mais

O Grupo SEMEAR – Soluções em Engenharia Mecatrônica e Aplicação na Robótica – é uma organização estudantil da Universidade de São Paulo (USP), no campus de São Carlos, cujo foco é o desenvolvimento de projetos e iniciativas de robótica. O grupo conta com mais de 100 membros, dentre eles, alunos de graduação e pós-graduação, além disso, conta com o apoio de professores orientadores. Tem por objetivo completar a formação acadêmica e profissional de seus membros, além de gerar e compartilhar o conhecimento com seus programas de ensino e extensão, desenvolvimento de projetos tecnológicos e participação em competições de robótica.

áreas de atuação

O grupo atua..

Robótica Aérea

Robótica Autônoma

Robótica Controlada

Robótica para Extensão

Gestão

PROJETOS

  1. Combate:
    1. Phantom: Phantom é um robô de combate do tipo rampa da categoria hobbyweight, o primeiro robô de combate desenvolvido pelo SEMEAR. 
    2. Juleska:  Juleska é um robô com arma ativa da categoria hobbyweight.
    3. JW: mais novo robô de combate do SEMEAR, pertencente à categoria “formiga”, de apenas 454 g. Ele possui uma arma ativa.
  2. Hockey:
    1. Time Lambda: Time composto por 3 robôs que participam das competições de Hockey, cujo objetivo é levar um disco até o gol adversário
  3. Drones:
    1. Blackbird: Marcante pela sua imponência e cor escura, o Blackbird é um drone controlado e autônomo voltado tanto para pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias quanto para competições que simulam problemas de engenharia.
    2. Mark I: A primeira versão da linha Mark é um drone compacto e controlado.
    3. Mark II:  O segundo da linha Mark,  é mais robusto e consegue navegar autonomamente devido à adição de câmeras, as quais permitem a interpretação do ambiente por meio de métodos de visão computacional. 
  4. Robô Humanoide: O projeto consiste no desenvolvimento, desde o início, de um robô humanoide, com o objetivo de ter no grupo um robô de aparência mais lúdica, amigável e que interaja com as pessoas através da fala. Esse robô poderia ser levado a eventos como mostras e feiras, facilmente atraindo a atenção do público, principalmente quando há o envolvimento de escolas e estudantes.
  5. Autônoma
    1. FIRA Autonomous Cars Challenge: competição em que carros autônomos em escala são testados em dois diferentes ambientes, sendo eles um ambiente de corrida e o outro, um ambiente urbano. Cada cenário propõe diferentes desafios, que deverão ser cumpridos para o bom desempenho na competição
    2. IEEE Open: competição em que, a cada dois anos, é proposto um novo desafio simulando um problema real em escala, exigindo muita criatividade e técnica. Em 2020, o robô Sirigueijo conquistou o 1° lugar no desafio sobre armazenamento inteligente, marcando a história do grupo.
    3. Mini-sumô: modalidade é composta por robôs autônomos de até 500g em que o objetivo é retirar o robô adversário de uma arena circular, assemelhando-se a luta japonesa sumô.
    4. Seguidor de linha: projeto que visa o desenvolvimento de um robô autônomo capaz de percorrer um caminho delimitado por uma linha branca  que está sobre um piso preto, assim como corrigir o percurso do robô de maneira autônoma.
  • G1 São Carlos e Araraquara - 

COMPETIÇÕES

  • Winter Challenge - Robocore
  • Competição Latino Americana de Robótica - LARC
  • FIRA Roboworld Cup
  • Iron Cup - INATEL
  • RoboCar Race
  • IEEE Open 2011 - 2° lugar
  • IEEE Open 2013 -  2° lugar
  • RobocarRace 2018 - Artigo do projeto - 1° lugar
  • IEEE Open 2020 - 1° lugar
  • RSM Virutal - Hockey 2020 - 1° lugar